Skip to content

Acidentes Acontecem…

03/07/2010

Toda a série Nerdésto e Kaótica até aqui você encontra neste LINK

As Três Leis da Robótica são leis que foram elaboradas pelo escritor Isaac Azimov em seu livro de ficção  Eu, Robô” que dirigem o comportamento dos robôs.

  • 1ª lei: Um robô não pode ferir um ser humano ou, por omissão, permitir que um ser humano sofra algum mal.
  • 2ª lei: Um robô deve obedecer as ordens que lhe sejam dadas por seres humanos, exceto nos casos em que tais ordens contrariem a Primeira Lei.
  • 3ª lei: Um robô deve proteger sua própria existência desde que tal proteção não entre em conflito com a Primeira e Segunda Leis.
Anúncios
12 Comentários leave one →
  1. 03/07/2010 16:09

    Eu me surpreenderia assim como o Nerdésto com a kaótica conhecendo Azimov.
    Medo de uma robo ciumenta, muito medo

  2. 04/07/2010 1:43

    Ai ai, acho que tu pecou em fazer essa tirinha indo contraria as proprias leis que citou.

    Creio que voce pensou nesta atitude do robo com base no ‘sentimento’ dela de proteger o Nerdesto, mas esta é uma situação, basica, onde o sistema de inteligencia artificial aliado as leis da robótica impediria isto de aconter. A quarta lei, chamada de lei zero, resalta ainda mais:

    A ‘Lei Zero’: um robô não pode fazer mal à humanidade e nem, por inacção, permitir que ela sofra algum mal. Desse modo, o bem da humanidade é primordial ao dos indivíduos.

    Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Leis_da_Rob%C3%B3tica

    Sei que a graça nas tirinhas é o ciume do robo, mas tem que ser algo mais bem pensado ^_^

    • 04/07/2010 9:02

      Desculpa, Tobias, mas a intenção da Léia não é proteger o Nerdésto, pois ele não se encontra em nenhuma situação de perigo aqui e mesmo que isso estivesse acontecendo, ela nunca poderia ter tentado agredir a Kaótica pelos motivos que vc mesmo citou. Por isso Kaótica perguntou se ela não conhecia Isaac Azimov, pois a atitude da Léia vai de encontro a todas as leis. A intenção da tirinha não foi discutir as Leis da Robótica, mas mostrar que o ciúme “irracional” da Léia não respeita nenhuma lei.

  3. 04/07/2010 3:11

    Adorei a Robo ciumenta… É algo inusitado, não precisa se prender as leis… o legal é justamente inusitar! Fora que você pode dizer que ciúme é um sentimento inerente à humanos…o que torna a Léia muito mais além de um simples robô, e sim, um ser vivo!

  4. Yuri Amaral permalink
    04/07/2010 16:33

    eu sumo mas to sempre presente!

    =D

    volto a repetir: adoro seu humor inocente! =D

    mto bom!

    • 04/07/2010 22:11

      Eu te dou um desconto… por enquanto! Qdo a internet estiver ok na sua casa, não tem desculpa, viu amigo?
      Brincadeira! Você mora no meu coração
      Beijo

  5. 04/07/2010 19:20

    Nossa, dei uma sumida e tô lendo tudo de uma vez. Gostei! Eu achei engraçado justamente por contrariar o q o cara pensou qdo a viu falando sobre o Azimov!

    Seu traço dos dois personagens tá cada vez mais fluído, viu, tá ótimo. Ah, eu sou meio implicante com cor, me mate, mas preto e branco me atraiu mais =X.

    • 04/07/2010 22:08

      Obrigada, Lú! Sua opinião conta muito. Eu também prefiro tirinhas nesses tons… me facilita bastante, pq realmente não gosto das minhas cores.
      Beijo, amiga.

  6. 04/07/2010 20:25

    Adorei a série, Mel. Ficou show, parabéns!

  7. 05/07/2010 13:04

    Eu hem, isso daí vai longe rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: